A melhoria que não agradou

Em nota a equipe da Fix PUBG relatou todo o empenho e a evolução da campanha criada para corrigir o jogo, mas parece que todo o foco para aumentar o FPS e melhorar a imersão não foram suficientes para segurar o público exigente do PC, muitos usuários ainda reclamam de BUGS conhecidos, erros nos mapas, problemas de netcode e vsync.

“O tempo médio para carregar um nível desceu significativamente de 14.4 segundos para 5.6 segundos. Os efeitos ambientais, efeitos de destruição de veículos, efeitos de detecção e de fumo, foram melhorados e estamos também a planear adicionar melhorias na lógica e efeitos associados às armas,” comentou Taeseok Jang, produtor executivo.

A melhoria apresentada pelo programa não agradou os jogadores que esperavam pequenos erros sendo corrigidos, será difícil a desenvolvedora reverter as negativações que o jogo sofreu na Steam e cativar novamente os jogadores.

Resultado de imagem para PUBG

Enquanto isso a desenvolvedora continua na eterna batalha de otimizações para lançar o PUBG para todos os consoles e plataformas.

Deixe uma resposta