FATE/APOCRYPHA

Apesar de gostar bastante de animes, não assisto tantos dada a devida proporção, e neste carnaval de 2019 estava procurando algo para assistir.

Um amigo do clã, Killow, me indicou alguns animes; dentre eles um me chamou a atenção pelo traço, trama e a pitada de referências históricas e lendárias.

Screenshot_1

Fate/Apocrypha tem duas temporadas com 25 episódios, na Netflix, e, apesar de eu preferir maratonar, resolvi assistir de 5 em 5 episódios, pois não queria que acabasse “rápido”.

O anime tem muita ação e terror em alguns momentos, e esse foi um ponto que gostei também. As armaduras, trajes e cenários de Fate são muito bem elaborados.

A trama consiste em duas facções mágicas, Vermelha e Negra, que estão se preparando para travar uma guerra para obter o Graal, um artefato “divino” que concede qualquer desejo, porém, a batalha não é tão simples assim.

fateapocrypha okjwdokwodkw

Cada Mestre traz de volta a vida um Servo, espírito heroico, para se juntar a ele na guerra, mas foi aí que Fate/Apocrypha me pegou. Estes seres invocados são personalidades marcantes conhecidas por nós, seja um que tenha feito o bem ou o mal.

Os servos têm classes que determinam sua função no campo de batalha: Saber, Archer, Lancer, Rider, Caster, Berserker e Assassin. Porém, o Graal criou uma outra classe, a Ruler, um juiz que não possui mestre, sendo fiel apenas ao artefato. Imparcial, sem ambições e se preocupando em manter as regras do confronto, o papel do ruler se torna crucial para andamento do anime.

Não direi mais nada sobre esta parte, pois considero spoiler, e eu odeio ler ou ver algum. Só posso dar uma dica, veja pelo menos 4 episódios do anime.

Trailer legendado em inglês, porém, o anime tem a opção de dublado na Netflix

O que é certo ou errado? Bem e Mal existem? Qual seria o meu desejo se eu vencesse esta guerra? Estas são apenas algumas dúvidas que ficaram na minha cabeça ao assistir Fate/Apocrypha. Agora preciso tirar mais um tempinho para ingressar nas outras três histórias da franquia.

Fate/Apocrypha na Netflix!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: