SteamWorld Quest: Hand of Gilgamech

Atenção fã de RPG!

 

Mais um game da série SteamWorld, criado pela Image & Form Games e distribuído pela Thunderful Games,  Hand of Gilgamech difere dos estilos já vistos em SteamWorld, mas mantém a mesma pegada Steam Punk característica.

Essa aventura é baseada em RPG de turnos, estilo os clássicos Final Fantasy, porém, temos o auxílio de cartas que são usadas na escolha das ações para ataques, defesas entre outras coisas. Ou seja, Hand of Gilgamech é a mistura de card game com RPG, e posso garantir uma coisa: se você faz parte do clube dos RPG’s de turno vai curtir essa ideia de misturar cartas. 

 

Resultado de imagem para steamworld quest hand of gilgamech

Outra referência que o jogo traz é a mecânica de utilização de cartas; não existe uma barra de mana, você possui engrenagens que são adquiridas ao longo do turno com ataques específicos, e a partir daí você consegue “gastar” essas engrenagens na utilização das cartas mais fortes, assim como HearthStone usa cristais, ou no Chrono Trigger, mana (MP).

 

Resultado de imagem para steamworld quest hand of gilgamech

O deck pode ser montado com até 100 tipos de cartas; pelo menos é o que diz o site oficial, eu ainda não cheguei nessa quantidade toda, mas estou me divertindo muito no Nintendo Switch. O jogo se encaixa bem no híbrido e pode ser jogado casualmente, sem pressa, apreciando os detalhes e os diálogos da história.

Os personagens são cativantes, e a progressão da história é agradável. Upar os pontos de atributos dão uma certa originalidade ao seu personagem, construir o deck também ajuda a dar uma cara nova para o seu trio de personagens. O que dá para perceber logo de cara é que o jogo não tem intenção de punir quem “erra” a build, até mesmo com a pontuação toda torda (tipo a minha) você consegue passar pelos desafios.

Jogos desse tipo são um prato cheio (na minha opinião) para o Switch; são games que você passeia pelo mapa e tem uma boa experiência; você não será punido se olhar pro lado e perder algum lance, é algo que consegue jogar em partes, nos pequenos intervalos do seu dia, com uma progressão suave e divertida.

Esse foi o motivo pelo qual resolvi falar sobre ele. Se você tem um Switch, está procurando algo para deixar na sua biblioteca e jogar nas horas em trânsito do seu dia, ele é uma boa pedida!

Monte seu deck, upe seu personagem, curta os traços do artista e divirta se!


 

Links marotos!!!

 

Metacritic: 80

asdasdasdascxx

Link Metacritic

 

Vídeo com o pessoal da Image & Form

 

Primeiro SpeedRun cadastrado feito pelo RooseSR

Essa SR foi cadastrada 23 dias atrás (Data da publicação da matéria)

 

 

E o nosso muito obrigado ao Andréas, da Thunderful Gamesque não se esquece de nós aqui no Brasil!

Valeu! E até a próxima.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: